To Be Beautiful

domingo, 28 de outubro de 2012

Postado por:Maria Raquel Silva

Esse não é um texto de pena. Nunca fui aquele tipo de pessoa que fala que é feio para os outros responderem "Imagina querida, você é linda!". Eu nunca me achei particularmente feia pra falar a verdade. Não bonita, mas não feia também.

Mas durante dezessete eu fui levada a acreditar que ninguém me achava bonita. A não ser a minha mãe, mas a mãe da gente não conta, porque elas acham os filhos bonitos. Por mais cara de joelho que eles tenham quando bebês.

Talvez porque eu andasse com garotas muito mais bonitas do que eu. Ou ainda porque meu cabelo me deixasse com cara de criança.
O fato é, até os dezessete nenhum garoto me queria.
Mais de uma vez eu ouvi o "prefiro sua amiga".

Só que aí a gente cresce, muda de ambiente, se arruma e percebe que não é você que não é bonita. São os outros que não viam sua beleza.
Que tem dias que qualquer um é feio. Mas vai ter aquele dia especial que você vai se sentir uma super modelo.
Um dia em que alguém vai chegar e te falar que você é linda.

Só que até lá, você vai ter que aguentar caras te olhando com jeito de desprezo.
Difícil mesmo é se achar bonita quando ninguém mais acha.

Mas this too shall pass.


 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices