Tomar Coragem

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Postado por:Maria Raquel Silva

Um dia ainda tomo coragem e te conto que sempre tive uma crush gigantesca por você.
Te ligo, te mando SMS, te mando inbox, faço sinal de fumaça. Alguma coisa do tipo.
Acho que você nunca pensaria na gente junto, né? Mas eu pensei, bastante. Só nunca tive coragem pra te dizer.

O tempo passa, a vida nos afasta, o momento fica lá atrás.
E aí não tem como falar mais.
Fica estranho. Simplesmente chegar e dizer "ei, você aí, eu acho que a gente ficaria legal junto".
É estranho, não é?

A oportunidade passa, e aí nem coragem é suficiente.
E se achar que eu estou vendo algo que não existe ali? E se achar que estou desesperada?
A verdade é que o medo da reação é maior que qualquer vontade de estar junto.

E agora, depois de tanto tempo, é engraçado pensar no que poderia ter sido.
Nem nos falamos mais.

Será que teria dado certo?
Aposto que teria.
Se um de nós dois tivesse um pouquinho de coragem. Talvez ainda estivéssemos nos falando.

Mas está mais fácil encontrar vodka que coragem no mercado. Na falta da segunda, vai a primeira mesmo.

 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices